segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Tânia e João

Mãe e filho. Tânia e João. Foto de arquivo pessoal. 

Nestes anos contando e mostrando experiências de pessoas de vários cantos do Brasil, usuárias de uma de nossas técnicas de modelagem de roupas, sempre encontramos histórias emocionantes, que nos enchem de orgulho. 
Mas, o registro dessa semana tem um gostinho especial! É a história de uma mãe e de um filho que, em 2018, aprenderam o Método de Corte Centesimal e estão construindo uma linda história de atuação conjunta, repleta de muita cumplicidade, parceria e amor pelo que fazem.
“Foi muito tranquilo o entendimento do Método.  O material é muito didático. Há 13 anos quando vim morar em BH, me matriculei em um curso de costura industrial pelo Senai, depois fiz também modelagem industrial. Trabalhei confeccionado uniformes, fiz facção para algumas fábricas, mas acabei gostando mesmo foi do sob medida. Como eu havia feito modelagem industrial, as medidas eram padrão, o que dificultou um pouco no início. Eu tinha que adaptar para cada cliente. Nesse caso, se eu tivesse conhecido o Método de Corte Centesimal antes, teria sido muito mais fácil.”, diz Tânia. 

Tãnia trabalhando em seu ateliê.
A Tânia é administradora de formação e costureira de coração. E fez da costura a sua profissão.  E com muito amor pelo que faz, vem compartilhando com o seu filho João, de 21 anos, estudante de arquitetura, tudo que ela já aprendeu e vem aprendendo nessa vida, desde quando era menina, quando via a própria mãe costurar.
Confiram abaixo a nossa entrevista com a Tânia e com o João.
E quem quiser acompanhar ou visitar o ateliê deles, vejam abaixo as informações. 

E-mail: taniacsbrandao@gmail.com
Instagram: @atelietaniabrandao
Telefone:  (31) 99269-3653
Belo Horizonte - MG
Foto de arquivo pessoal.



1 ) Como foi o início com o mundo do corte e da costura?

Tânia: Comecei a me interessar ainda criança, vendo a minha mãe costurar. Eu amava pegar os retalhinhos que sobrava dos cortes, pra fazer roupinhas de boneca. Eu costurava na mão, pois ela me proibia de mexer na máquina. Às vezes eu pegava escondido, mas ela sempre percebia que alguém havia desregulado e até quebrado a agulha. Rsrsrs

João: Comecei a me interessar por influência da minha mãe, ela já trabalhava na área há alguns anos e já tinha o ateliê.

Eu há tinha costurado com ela algumas vezes, mas nunca com o intuito de realmente investir na área. Em 2018 eu resolvi aprender de verdade e acabei encontrando algo que me deixou muito feliz em trabalhar.

Foto de arquivo pessoal.

Foto de arquivo pessoal.

Foto de arquivo pessoal.

  
2)  Quando vocês tiveram o primeiro contato com o Corte Centesimal?  

Tânia: Nosso primeiro contato foi através da internet, com a Lara Rogedo (@lararogedo) e admirando o trabalho da Mary Ribeiro (@ateliermaryribeiro). 

O João começou a  ler e estudar o Método de Corte Centesimal sozinho mesmo, lendo o próprio livro e praticando e hoje o método é bastante usado no ateliê.
 
Foto de divulgação. Arquivo pessoal. 



3 ) Vocês já tinham alguma noção de modelagem de roupas  quando aprenderam o Método de Corte Centesimal? 

Tânia: Sim. Eu já havia feito dois cursos, o que me ajudou muito na hora de estudar o Método de Corte Centesimal sozinha, pois já tinha experiência com modelagem.

João: Quando compramos o Método de Corte Centesimal  foi a primeira vez que eu estudei mesmo a modelagem de roupas. Eu não cheguei a fazer aulas, aprendi tudo olhando as instruções do livro, minha mãe já tinha muita experiência com outros métodos, então ela me ajudou neste início com base no que ela já sabia.  Não tive muitas dificuldades. Acho que os moldes do livros são bem explicados.

 
Foto de divulgação. Arquivo pessoal. 



4) Como foi o entendimento do uso das Escalas do Método de Corte Centesimal, quando vocês estavam aprendendo?

Tânia: Foi muito tranquilo. O material é muito didático. Já havia assistido alguns vídeos sobre Método, então resolvi comprar. Logo que comprei o meu filho João Victor começou a estudar o material, antes mesmo de mim.  

Durante uma semana no tempo em que ele estava no ônibus indo e voltando da faculdade, ele leu toda a apostila e foi praticando. Surpreendeu-me quando ele conseguiu modelar tão rápido. 

Ensinei o processo de montagem e acabamento e em menos de seis meses ele costurava melhor do que eu em seis anos, usando outros métodos.

 
Foto de divulgação. Arquivo pessoal. 



5)  Como foi o seu início profissional?

Tânia: Sempre me interessei por costura, mas não imaginava que um dia fosse viver dela. Há 13 anos quando vim morar em BH, me matriculei em um curso de costura industrial pelo Senai, depois fiz também modelagem industrial. Trabalhei confeccionado uniformes, fiz facção para algumas fábricas, mas acabei gostando mesmo foi do sob medida. Como eu havia feito modelagem industrial, as medidas eram padrão o que dificultou um pouco no início. 

Eu tinha que adaptar para cada cliente. Nesse caso se eu tivesse conhecido o Método de Corte Centesimal antes, teria sido muito mais fácil.

João: Com o estudo do Método de Corte Centesimal eu fui praticando, fazendo algumas peças e ficando mais confiante pra trabalhar (com o auxílio da minha mãe). Com o tempo e a prática eu fui pegando experiência e autonomia. Hoje já consigo fazer toda a modelagem, corte e montagem por minha conta.

Foto de divulgação. Arquivo pessoal. 


6) Qual é a importância do trabalho da modelagem de roupas dentro do processo da construção de uma roupa? 

Tânia e João:  A modelagem é a base, dela depende toda execução de uma peça. Não existe boa costureira se antes dela não houver uma modelagem perfeita.

Foto de divulgação. Arquivo pessoal. 

  
7) Qual peça que vocês  já fizeram que mais deu orgulho depois que vocês aprenderam o Método de Corte Centesimal?  

Tânia: Amei fazer o Blazer.  E acho que o Blazer, que fiz pelo método, foi o mais complexo também.

João: Quando fui fazer Blazer e casaco eu gostei bastante da modelagem, atualmente eu gosto muito de alfaiataria, então foi um molde que curti.

Foto de divulgação. Arquivo pessoal. 


8) Vocês  tinham alguma dificuldade para modelar e que tenha sido resolvida depois que aprenderam o Método de Corte Centesimal? 

Tânia: Como eu adaptava o molde padrão para as medidas da cliente, com o Centesimal o processo ficou mais rápido e exato.

João: Bom, eu só aprendi a modelar com o Método de Corte Centesimal, e sempre foi bem tranquilo pra mim.



9) Quais profissionais da moda você admira? 

Tânia: Tem tanta gente boa né, vou citar Patrícia Bonaldi. Admiro a Mary Ribeiro que também usa o nosso querido Método Corte Centesimal. Sigo o trabalho da Marie Lafayette.

João: Existem referências muito globais que todos nós admiramos, mas vou citar a Natalia Kovshik, uma designer de roupas que conheci pelo instagram e que sempre me admira muito pela qualidade do acabamento das peças.


10) Quais recomendações você faria para quem está querendo entrar para a área da moda? 

Tânia e João: Primeiro lugar, recomendamos o Método de Corte Centesimal, por ser um método simples e preciso, com investimento baixo. No mais é dedicação, perseverança e paciência.

A primeira coisa que você aprende na costura é desmanchar, então seja persistente e não desanime, não desista daquela peça que não está dando certo, refaça quantas vezes forem necessárias, isso faz parte do aprendizado e é o caminho para uma roupa perfeita.


11) Quais são os seus planos daqui pra frente? 
Tânia: Meus planos para o futuro envolvem a ampliação de meu atelier e, futuramente, ministrar aulas de aulas de corte e costura.

João:  O foco é continuar trabalhando bastante e buscar um crescimento profissional, expandir o ateliê e fazer um marketing digital de qualidade.

Para conferir mais criações da Tânia e do João, visitem suas redes sociais. 

---------------------------------------------------------------------------------------- 

SIGA O CORTE CENTESIMAL 

Para saber mais sobre nossos produtos, visite o nosso site e as nossas Redes Sociais.
SITE: www.cortecentesimal.com.br 
LOJA VIRTUAL 
(E-Commerce):www.lojacentesimal.com.br 
INSTAGRAM: @cortecentesimal 
E-mail: atendimento@cortecentesimal.com.br 
Blog Modelagem do Vestuário: modelagemdovestuario.blogspot.com.br 
YOUTUBE: Corte Centesimal 
Telefone: (31) 3537-5292 
WhatsApp: (31) 97149-5676 (Horário comercial - 9h às 12h e das 14h às 18h - Segunda à Sexta)



sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Sistema Moldecópia

Foto de divulgação do Corte Centesimal

Já que falamos sobre o Método de Corte Centesimal, vamos falar hoje sobre o Sistema Moldecópia também?

O Sistema Moldecópia é a segunda técnica de modelagem de roupas da nossa empresa Corte Centesimal. Ele foi criado em 1968, a partir do Método de Corte Centesimal, por Dora Mello Silva Teixeira, filha da criadora do Método de Corte Centesimal e sua continuadora.

“O Método de Corte Centesimal, por sua simplicidade e perfeição, tem amplo reconhecimento no mercado. Porém, nota-se que as pessoas apresentam outras tendências e preferências, além do prazer de traçar os próprios moldes; muitas gostam de tudo prático e rápido, ou tem pouco tempo para se dedicar à costura; outras amam costurar, tem muita habilidade manual, mas pouca familiaridade com lápis,papel, régua e esquadro, para riscar ângulos retos e curvaturas. Então, para atender esses grupos, me senti incentivada a criar um sistema que atendesse de modo mais satisfatório essas pessoas. Dessa ideia, desenvolvida, surgiu o Moldecópia.”, disse Dora.

Portanto, o Sistema Moldecópia é um sistema de corte em que os moldes básicos já se apresentam traçados, em cartão plastificado. Os moldes permitem traçar roupas perfeitas, de caimento impecável, nos tamanhos desde o infantil até o manequim 54.

Cada molde do tamanho desejado é obtido pela união dos pontos. Eles são marcados através dos orifícios existentes no cartão plastificado e riscados de dois em dois, com o auxílio da própria margem do molde. Pode ser também obtido através da cópia do gabarito, em papel transparente. Já as Escalas do Sistema Moldecópia são letradas e mantem a proporção dos diversos tamanhos. Serão usadas conforme o manequim determinado.

O livro do Sistema Moldecópia também ganhou nova edição em 2017. O livro já está em sua 8ª edição.

Para saber mais informações sobre o Sistema Moldecópia, visite também o nosso site, a nossa loja virtual e nossas redes sociais. 

SITE: www.cortecentesimal.com.br
LOJA VIRTUAL (E-Commerce):www.lojacentesimal.com.br
FACEBOOK: https://www.facebook.com/cortecentesimaloficial/
INSTAGRAM: @cortecentesimal
E-mail: atendimento@cortecentesimal.com.br
Blog Modelagem do Vestuário:
modelagemdovestuario.blogspot.com.br
YOUTUBE: Corte Centesimal
Telefone: (31) 3537-5292
WhatsApp: (31) 97149-5676 (Horário comercial - 9h às 12h e das 14h às 18h - Segunda à Sexta)

Método de Corte Centesimal

Foto de divulgação do Corte Centesimal. 


Quando o passado e o presente se encontram, o que temos? A possibilidade de um lindo futuro pela frente! 

Eis aqui um antigo estojo de madeira do nosso "Método de Corte Centesimal" - com algumas páginas soltas do livro, já que antigamente ele era um pequeno fichário - e ao lado a mais nova edição do livro. A 51ª Edição, lançada em 2017.

Como a gente já contou para vocês, o Método de Corte Centesimal foi criado em 1934, pela mineira Carmen de Andrade Mello Silva e seu marido Antônio Mello Silva, que era engenheiro. O Método nasceu da necessidade de uma época. (Essa história você pode conferir no nosso site. Tem tudo lá!).

Ao longo dos anos, o Método de Corte Centesimal nunca se perdeu no tempo. E continua cada vez mais atual, ajudando a realizar sonhos e projetos!

Desde as criações dos livros, nossos materiais vêm ganhando novas revisões gráficas, se atualizando para acompanhar as necessidades e as mudanças da sociedade.

Essas edições trazem uma apresentação do que é modelagem de uma maneira mais detalhada, com mais desenhos, uma linguagem mais clara, o traçado passo-a-passo, tudo explicado para que você tenha mais apoio, segurança e autonomia para executar os traçados dos moldes.

Quem tiver um antigo estojo de madeira do Método de Corte Centesimal pode ver que alguns modelos que eram ensinados antigamente, já não fazem mais parte do nosso dia-a-dia. E quem tiver um estojo desse em casa, tem uma verdadeira relíquia! Peça de colecionador! 

E se você está chegando aqui pela primeira vez e quiser conhecer mais o Método, visite o nosso site e as nossas redes sociais.

SITE: www.cortecentesimal.com.br
LOJA VIRTUAL (E-Commerce):www.lojacentesimal.com.br
FACEBOOK: https://www.facebook.com/cortecentesimaloficial/
INSTAGRAM: @cortecentesimal
E-mail: atendimento@cortecentesimal.com.br
Blog Modelagem do Vestuário:
modelagemdovestuario.blogspot.com.br
YOUTUBE: Corte Centesimal
Telefone: (31) 3537-5292
WhatsApp: (31) 97149-5676 (Horário comercial - 9h às 12h e das 14h às 18h - Segunda à Sexta)

Feliz 2020!




Que não nos falte força, fé e muito amor pra continuar modelando e costurando nossos sonhos e projetos em 2020! Muita saúde e paz pra todos!

Agradecemos de coração pela sua amizade e parceria! Seguimos juntos em 2020, com mais vontade de aprender e de levar conhecimento e aperfeiçoamento pra todos dessa incrível arte que é a modelagem de roupas!

Feliz Ano Novo pra você e pra toda a sua família!!!😉🥂🍾🎉🎊🎈

São os votos de toda família do Corte Centesimal

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Fernanda Hamacek e sua história com o Método de Corte Centesimal



No final de 2019, o nosso “Método de Corte Centesimal” faz 85 anos de vida. Desde que foi criado pelo casal Carmen de Andrade Mello Silva e Antônio Mello Silva, em 1934, em Andrelândia, no sul de Minas, o Método de Corte Centesimal vem se atualizando e modernizando para acompanhar as mudanças da sociedade. Para comemorar o aniversário, vamos mostrar algumas histórias de pessoas que fazem parte da nossa trajetória. 

Pessoas que construíram suas vidas, seus negócios e seus sonhos através do aprendizado da nossa técnica. Pessoas que passaram por nós e que, de alguma forma, tiveram os seus momentos com o “Método de Corte Centesimal”. 

Nós temos muito orgulho de fazer parte também da história da moda mineira. A Fernanda Hamacek, instrutora credenciada de Ouro Branco (MG), compartilhou conosco um pouco da sua história com o Método de Corte Centesimal. A Fernanda aprendeu a nossa técnica de modelagem de roupas, com a Júnia Mello, uma das nossas mais importantes professoras do Corte Centesimal em Belo Horizonte. Ela já fez diversos cursos para se aperfeiçoar cada vez mais. 

Além de ensinar a nossa técnica de modelagem, a Fernanda também faz roupas sob medida. Vestidos de festa, casamentos e tudo mais que você desejar. Do seu jeito e no seu estilo. Quem quiser aprender o Método de Corte Centesimal ou encomendar um vestido pra Fernanda, basta entrar em contato com ela: 

Fernanda Rossi Hamacek 
Ensina: Método de Corte Centesimal 
Telefone: (31)98777-4940 
E-mail: nandahamacek@gmail.com 
Haro Escola e Ateliê Ouro Branco - MG 
Facebook: Haro Ateliê 
Instagram: @haroatelie 



 --------------------------------------------------------------------------- 
REDE DE ENSINO 

O Corte Centesimal possui uma rede de Instrutoras credenciadas, que são autorizadas e capacitadas para utilizar nossos materiais didáticos das nossas técnicas de modelagem de roupas (Método de Corte Centesimal e/ou Sistema Moldecópia) em seus cursos de corte e costura. Essas Instrutoras podem ser encontradas em algumas cidades brasileiras. Para conferir a lista, acesse o nosso site: www.cortecentesimal.com.br.

VALORIZE O CONHECIMENTO E O SABER DE NOSSAS INSTRUTORAS

 ---------------------------------------------------------------------------------------- 
SIGA O CORTE CENTESIMAL 

Para saber mais sobre nossos produtos, visite o nosso site e as nossas Redes Sociais.
 
SITE: www.cortecentesimal.com.br 
LOJA VIRTUAL 
(E-Commerce):www.lojacentesimal.com.br 
INSTAGRAM: @cortecentesimal 
E-mail: atendimento@cortecentesimal.com.br 
Blog Modelagem do Vestuário: modelagemdovestuario.blogspot.com.br 
YOUTUBE: Corte Centesimal 
Telefone: (31) 3537-5292 
WhatsApp: (31) 97149-5676 (Horário comercial - 9h às 12h e das 14h às 18h - Segunda à Sexta)
---------------------------------------------------------------------------------- 
AGRADECIMENTO: 
Queremos agradecer de coração à toda equipe da Lara Rogedo (Algodão Cru - Lara Rogedo) por toda ajuda na produção desses vídeos.